Buscar
  • Tiãozinho Safrater

SER INTEGRAL

Educação


Mas uma coisa eu sei: meu caminho não sou eu; é o outro, são os outros. Quando eu puder sentir plenamente o outro estarei salva e pensarei: eis meu ponto de chegada. Clarice Lispector, A descoberta do mundo, p.166.

A educação no Brasil vem sofrendo mudanças nas últimas décadas, caminhando, mesmo que com passos pouco ousados, em direção a uma concepção que encara o ser humano de forma integral, considerando suas múltiplas dimensões no processo educacional.


A educação passa por fortes críticas sobre seus métodos, conteúdos e objetivos, tanto por parte de seus teóricos como dos envolvidos diretamente no processo educacional como professores, alunos e familiares. O conteudismo, o currículo estagnado e desconectado da realidade dos educandos, o sistema de aula baseado na exposição do professor ou alicerçado majoritariamente no livro didático e a falta de atratividade da escola para o jovem. Todos esses fatores colaboram para altas taxas de repetência e evasão constatadas na realidade nacional.


Os jovens não se contentam com uma educação que se preocupe exclusivamente com o seu desenvolvimento cognitivo e consequente aquisição de conhecimentos específicos. Precisam se sentir atraídos pelo ambiente escolar, necessitam que seja um local que possibilite interações sociais entre seus pares e que permita o diálogo entre as diferentes culturas juvenis. Para melhorarmos a educação, precisamos reformular a escola e sua maneira de se comportar enquanto instituição, repensando suas finalidades e respectivas metodologias, acreditando num ser integral.


MAS AFINAL DE CONTAS, O QUE É SER INTEGRAL?

Todo ser humano tem dentro de si um conjunto de habilidades que podem ser desenvolvidas durante a vida, por meio de estímulos e interesse próprio, iniciando na infância até a idade adulta, com o objetivo de desenvolvimento pessoal e realização.


A partir do autoconhecimento, o ser integral vai desenvolvendo suas partes para formar um todo, reconhecendo o princípio de que todos os seres trazem o potencial necessário para o desenvolvimento pleno físico, cognitivo, emocional e espiritual.


É necessário entender que as demandas da escola e família farão parte da educação continuada com ações permanentes para a formação do Ser Integral, e pais terão juntos responsabilidades no processo de constituição contínua, diante do desafio de educar o ser a partir de uma percepção da complexidade humana, social, emocional e integral, reconhecendo seus conhecimentos adquiridos em todas as relações.



Creche Tiãozinho


A ampliação do conhecimento da realidade gera uma maior capacidade crítica de vivência inclusiva no local em que o ser humano está inserido. A educação visa o desenvolvimento da consciência humana e sua expansão realizada através do reconhecimento de talentos e potenciais diversos.


A Educação Integral precisa ser para todos, criando uma cultura de acolhimento em todas as escolas, valorizando o raciocínio lógico científico, as linguagens, a história de vida de cada aluno, e as muitas formas de reflexão e expressão. Formar um ser integral capaz de se relacionar com outros de maneira fraterna, ressaltando seus valores, pontos fortes, entendendo o que é um cidadão ético dentro e fora da escola.


Nossa “pedra fundamental” é encarar o educando como ser integral. Educar representa evolução com aprendizagem cultural e em processo de desenvolvimento de potencialidades.

Nossa proposta se caracteriza por uma pedagogia ativa e realista, centrada nos alunos e baseada numa relação dialógica, que valoriza o contexto da criança/jovem num mundo em constante mudança, promovendo um entusiasmo pedagógico com vistas à transformação da educação e da sociedade.


Dessa forma, a inovação está presente em todas as propostas já que considera o aluno ativo diante do conhecimento e não submisso a uma disciplin a rígida baseada em processos de memorização dos conteúdos e inflexibilidade de seus princípios. Visão otimista do ser humano se apresenta como valor com respeito às fases de desenvolvimento das crianças e a abolição de castigos e recompensas. A metodologia considera o desenvolvimento integral do ser humano.


Como objetivo maior nossa pretensão é que esse jovem perceba suas potencialidades, suas possibilidades e atinja, ao final de seu percurso, o desenvolvimento das competências pessoais e implementação de projetos de empreendedorismo.


Queremos propiciar qualificação profissional, primando pelos valores humanos e o exercício da cidadania, priorizando-se a retomada e continuidade dos estudos via elevação da escolaridade. Capacitar o(a) aluno(a) em uma nova atividade profissional; promover a vivência na nova atividade profissional, através de exercícios práticos, para que o(a) aluno(a) sinta-se motivado(a); auxiliar no desenvolvimento de relações interpessoais, visando à inserção social; apresentar e orientar práticas profissionais relativas à função e sobre empreendedorismo, economia solidária e outras formas de trabalho, além do emprego formal.


Núcleo Tiãozinho


O mundo precisa mudar e o mundo só muda com a nossa mudança. Não se quer mais pessoas egoístas, agressivas, intolerantes, preconceituosas e preocupadas em viver uma vida de aparências e insatisfações interiores, correndo atrás de benefícios materiais a qualquer custo. A humanidade deve ser solidária, pacífica, capaz de demonstrar alteridade, zelosa com a natureza, e feliz consigo mesma. Para tal, o desenvolvimento da espiritualidade é uma importante chave, pela qual cada um vai ao encontro de si mesmo, trilhando um caminho de aperfeiçoamento eterno.

4 visualizações0 comentário