Buscar
  • Tiãozinho Safrater

Empresa d a comunidade quer ajudar a Safrater a expandir atendimentos

Fusion fornece internet, telefonia fixa e móvel, TV, serviços de rede e câmeras de segurança.

Uma parceria que já dura três anos e tende a se tornar cada vez mais sólida. Assim é a relação da Safrater com a Fusion, empresa que fornece internet, telefonia fixa e móvel, TV, serviços de rede e câmeras de segurança.


Criada em 2006 como uma lan-house, a Fusion começou com apenas dois funcionários e hoje possui 23 colaboradores para atender mais de dois mil clientes de São Paulo e Praia Grande, no litoral.


“A Fusion é resultado de uma série de acontecimentos da minha vida e de muita persistência. Quando o negócio de lan house deixou de fazer sentido, passei por muitas dificuldades, mas também tive ajuda e muita determinação para me reerguer”, conta Daniel Alberto Agra Moreira, 35 anos, proprietário da Fusion.


“Em 2013, eu estava vendendo bala e orei a Deus para pedir sabedoria... lembrei de uma pessoa que tinha sugerido virar um provedor de internet. Pesquisei muito no Google, batalhei para abrir a empresa e tive muita ajuda do meu irmão (Roberto) e da Grazi (hoje diretora comercial da Fusion) para conseguir”, completa.


A Fusion fornece internet de fibra para a Creche (CEI Tiãozinho) e o Núcleo (CCA), além do sistema de câmeras da Creche e do Brechó Tiãozinho (Re: Vestir) na Vila Mariana, e oferece, gratuitamente, internet para a residência de 10 alunos do Cetecc.


Mas Daniel quer mais: “Cresci no bairro onde fica o núcleo, mas não conhecia o trabalho da Safrater. Quando fomos fornecer o link, a relação se intensificou e, hoje, também doamos um valor mensal para ajudar no atendimento com as crianças e famílias da comunidade. Recentemente adquirimos o imóvel próprio da sede da Fusion e gostaríamos de montar um polo de atendimento da Safrater. Estamos em uma rua muito movimentada e podemos estender o projeto a mais pessoas”, diz.



Com a pandemia, graças ao projeto “Viabilizando o ensino on-line para crianças, adolescente e jovens em situação de vulnerabilidade social” e a parceria com a Fusion, cerca de 56 alunos da Safrater puderam ser atendidos com internet em casa.

“Está dando muito certo. Não é uma empresa que contratou outra, mas sim um grupo de pessoas interessadas em fazer o projeto funcionar e ajudar outras pessoas. Se ajudo o “Médico sem fronteiras”, não posso fingir que não estou vendo um projeto tão sério que está dentro do meu bairro. Quero, inclusive, apresentar a outros amigos empresários. A gente se comoveu com a causa e queremos ajudar o projeto a crescer ainda mais”, afirma Daniel.


Para a Safrater, ter a Fusion como parceira é um privilégio. “A Fusion tem sede na região de Americanópolis, é formada por moradores da região atendida pela Safrater... não poderia ser melhor. Tem tudo a ver com o conceito da Safrater de ajudar os moradores de Americanópolis. O Daniel é trabalhador, persistente e muito coração. E isso acaba contagiando os demais integrantes da equipe dele,

o que nos agrada muito”, diz Durval Clemente, diretor administrativo da Safrater.


“Com a pandemia, todos os educadores foram desafiados a manter os alunos

motivados. E, graças a esse projeto e a parceria com a Fusion, conseguimos

oferecer internet para os participantes, o que permitiu que elas seguissem estudando."


O Daniel entende a importância da educação para as crianças, adolescentes e jovens da comunidade, até mais do que nós. Afinal, ele nasceu e cresceu na região. Agora estamos trabalhando e negociando para os próximos passos, Cetecc e núcleo. Nosso objetivo é atender a comunidade da melhor forma que pudermos. E contar com pessoas e empresas que compartilham da missão de tornar o mundo melhor é mais fraterno”, finaliza.

1 visualização0 comentário