top of page
Buscar
  • Foto do escritorTiãozinho Safrater

DIA DA FAMÍLIA


Oficinas lúdicas como ferramentas de integracão

A família tem um papel essencial na construção do caráter e da personalidade dos pequenos. É por meio desse relacionamento que a criança tem o primeiro contato com as outras pessoas, desenvolvendo noções de afeto e solidariedade.


Além dos familiares, a escola também conta com destaque no processo de aprendizagem. As instituições de ensino são responsáveis por proporcionar conhecimentos e vivências diferenciadas.


Por isso mesmo, a relação entre família e escola deve ser aprimorada sempre que possível. Quando a família tem um relacionamento de qualidade com a instituição de ensino, a criança tem mais chances de apresentar um bom desempenho e performance nos estudos. Além de tudo, essa é uma maneira eficiente de acompanhar o aluno no dia a dia escolar e na conquista de melhores resultados.



Os pequenos precisam de suporte para realizar as atividades cotidianas e uma das principais responsáveis nesse sentido é a escola. Assim como os pais, os educadores também têm papel fundamental no desenvolvimento dos alunos e, para isso ocorrer da melhor forma, é importante manter contato frequente com os pais.

Alguns recursos podem auxiliar na aproximação dos familiares com a instituição de ensino. A tecnologia, por exemplo, é uma ferramenta que pode facilitar a comunicação e a troca de experiências. No entanto, mesmo que esse método seja eficaz, ele não deve ser o único a ser priorizado no relacionamento.


Os pais devem participar das reuniões, dos debates e buscar expor as dificuldades e os resultados dos filhos sempre que possível. Essa é uma estratégia que, além de estimular a participação, também impacta positivamente o rendimento e a produtividade da criança.



Um bom relacionamento entre a família e o colégio, portanto, acaba sendo um diferencial importante na performance dos estudantes. Para isso, devem ser traçadas algumas ações e práticas que permitam o aperfeiçoamento da comunicação entre a comunidade escolar.



O Dia da Família no CEI Tiãozinho é a celebração desse momento de aproximação e fortalecimento de vínculos entre escola, famílias, bebês e crianças. Para que esses objetivos sejam alcançados, uma série de atividades são organizadas utilizando ferramentas pedagógicas. Uma delas são as oficinas de desenvolvimento artístico, que estimulam a criatividade, a cooperação e a busca de soluções conjuntas. No Dia da Família no CEI Tiãozinho foram promovidas oficinas de pintura, confecção de instrumentos musicais, construção de fantoches e o quadro da família.


Indicadores de Qualidade da Educação Infantil Paulistana 2023

No dia 5 de agosto também aconteceu a avaliação dos Indicadores de qualidade da Educação Infantil Paulistana, documento fruto de um diálogo intenso e da escuta da Rede Municipal de Ensino em parceria com o Grupo de Trabalho - GT de escrita composto por representantes das 13 Diretorias Regionais de Educação - DREs, Equipes da DOT-P das DREs, Diretores de Escola, Professores, Coordenadores Pedagógicos, Assistentes de Diretor, Supervisores Escolares que acompanham as ações da Educação Infantil. Os Indicadores de Qualidade da Educação Infantil Paulistana têm como objetivos auxiliar as equipes de profissionais das Unidades Educacionais, juntamente com as famílias e pessoas da comunidade, a desenvolver um processo de autoavaliação institucional participativa que leve a um diagnóstico coletivo sobre a qualidade da educação promovida em cada Unidade, de forma a obter melhorias no trabalho educativo desenvolvido com as crianças.



Para que um determinado conceito de qualidade seja explicitado e possa ser concretizado para situações reais do cotidiano, a definição de dimensões de qualidade torna-se necessária. Distinguir entre diferentes dimensões de qualidade não significa considerar que elas sejam desligadas umas das outras, mas ao contrário, implica reconhecer que essas dimensões tocam em aspectos que muitas vezes são comuns. Assim, as dimensões de qualidade procuram iluminar diversos ângulos de um mesmo processo educativo, de forma a viabilizar uma reflexão e discussão coletiva e facilitar a elaboração de um plano de ação que focalize os diferentes problemas que devem ser superados para se obter os ganhos de qualidade desejados.


A partir da utilização do documento publicado pelo MEC, Indicadores da Qualidade na Educação Infantil, que apresenta sete dimensões de qualidade, o grupo de trabalho que preparou os Indicadores de Qualidade da Educação Infantil Paulistana adotou nove dimensões de qualidade. Essa opção foi necessária para incluir questões que focalizassem as diversidades de gênero e de raça/etnia, aspectos já apontados como necessários a partir de outras experiências de aplicação de Indicadores de Qualidade realizadas em todo o país. A partir das discussões do grupo de trabalho, a outra dimensão adicionada ao documento incluiu questões que aprofundam a consideração das formas de escuta de bebês e crianças pequenas no processo educativo. No caso dos bebês e crianças com deficiências, as questões ligadas à inclusão encontram-se integradas às diferentes dimensões.


Clique aqui para conhecer detalhadamente as 9 dimensões dos Indicadores de Qualidade da Educação Infantil Paulistana

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page